Publicado em

#desabafo Discriminação: será a Blogosfera o meu lugar?

Por Thata Vilella

Em 25/02/2018

Hello, amores!!! O post de hoje é diferente de tudo o que vocês já viram por aqui. Mesmo!!! Simbora?

Hoje eu vim desabafar. Dividir com vocês situações pelas quais passei desde que entrei para a Blogosfera, e que me fizeram um mal imenso.

Vou contar as situações, e como lidei e reagi a elas (aliás, como ainda estou lidando e reagindo). Por isso, não terei qualquer preocupação com estética, ou com as palavras que usarei, pois elas são tradução do que senti e sinto.

E agora, sem mais delongas…

Entrei na Blogosfera, há quase 01 ano atrás, meio que “por acaso”. Explico: sempre quis ter um Blog ou Canal no YouTube, mas ainda não sabia exatamente quando eu faria isso, nem sobre o quê falaria.

Até que um dia, uma amiga carioca criou um canal no YouTube, no qual falaria sobre cabelos (mais especificamente cacheados, crespos e ondulados), e me convidou para participar.

Mesmo com medo, e morrendo de vergonha (sou tímida, embora tagarela!!! Kkkkkkk), aceitei. E decidi isso porque queria – e ainda quero – ajudar outras pessoas, através dos conhecimentos que tenho e das coisas que aprendo.

Comecei, e as coisas foram tomando uma proporção tão boa e grande, que saí do canal dela (não gostei da forma, mas as coisas são como devem ser) e criei minha própria estrutura, partindo pra carreira solo.

E foi a partir disso que tudo começou a acontecer, pro bem e pro mal.

Aprendi muito – e sou grata por isso – , obtive algumas conquistas e fiz amizades lindas (das quais falarei mais adiante).

Mas não foi só isso, infelizmente. Também fui discriminada, e talvez vítima de haters. Cedo pra isso, né? Afinal, nem sou famosa. No entanto, aconteceu.

Desde que comecei a gravar vídeos, fazer vlogs (que amo!!!), e escrever textos, ainda quando fazia parte do canal dessa amiga, fui bastante aconselhada a partir pra carreira solo, já que, fazendo parte do canal dela, somente eu aparecia por lá.

Relutei no começo, já que eu só estava na Blogosfera graças ao convite dela. Me parecia ingratidão “virar as costas” , a quem confiou no meu potencial.

Mas depois de muita reflexão, percebi que, apesar de ter entrado na Blogosfera através dela, isso não me prendia a ela de forma indissolúvel.

Abri o jogo com ela, ainda sem ter decidido nada, pois sempre acreditei que a verdade é a melhor opção.

E qual não foi a minha surpresa quando, depois disso, “coincidentemente” perdi todo o acesso à estrutura que eu tinha ajudado a montar.

Diante disso, a relutância passou a decisão, e parti pra carreira solo. E as situações vieram.

Como eu disse antes, aprendi e conquistei, e agradeço a Deus por isso.

Mas como nem tudo são flores… Fui discriminada e vítima de haters. E sabem o pior? Isso veio de dentro da Blogosfera, de gente que eu gostava e confiava.

Isso mesmo!!! Comecei a ser abordada por pessoas – cujos nomes não citarei, por questões éticas – me dizendo como eu deveria agir, me vestir, me comportar e falar.

E tudo sob o pretexto de “dar dicas”. Os tais conselhos foram dos mais variados, e vieram com tanta frequência, que começaram a me incomodar.

Alguns dos “toques” foram: “não fale enquanto estiver vlogando (como assim? Então, vou gravar um comercial, e não um vlog? Sim, porque somente em gravação de comerciais se faz absoluto silêncio)” ; “você não pode se vestir e aparecer nos eventos assim, tão despojada; tem que mudar a cor do cabelo, se vestir com roupas da moda, e estar sempre impecável e maquiada (hein? Tenho que ser artificial, então?)” ; “não fale de problemas e coisas negativas com as pessoas, não se lamente; é feio, e ninguém tem nada com isso (what? Tenho que aparentar, ao invés de ser?)…

Créditos: Thata Vilella Oficial
Duas versões de mim: alguma diferença, a não ser a ausência de make e a roupa?

Na primeira vez que ouvi essas – e outras – coisas, como eu estava começando, aceitei tudo, sem filtro. Afinal, estavam tendo tanta boa vontade, né? Ajudando uma iniciante como eu.

Mas não foi bem assim. O que, inicialmente, veio como “dicas” , passou a acontecer de forma reiterada e frequente, e até com certa “agressividade” , “ironia”.

E isso me incomodou e magoou, pois além de não esperar – ainda mais, vindo de onde veio – , não entendia o porquê disso estar acontecendo justamente comigo.

E como todo incômodo gera uma reflexão – pelo menos comigo, é assim que acontece – , parei pra pensar em tudo que vinha acontecendo.

Mesmo porque, ouvir tanta coisa gerou outras reações em mim, além do incômodo e da mágoa: dor, desânimo e paralisia. E esse turbilhão de sentimentos me causou grandes danos emocionais.

E, pensando friamente na situação, veio a percepção: eu estava sofrendo discriminação, e talvez sendo vítima de haters.

E essa constatação só me fez sentir ainda pior: mais triste, mais desanimada e mais paralisada.

Aí, vocês podem perguntar: como assim? Você, Blogueira, com todas as ferramentas nas mãos, se sentiu assim? E pior, deixou que isso tomasse conta de você?

Sim!!! Porque antes – e acima – de ser Blogueira, sou uma pessoa, e como tal tenho reações humanas. Aliás, digo: sou apenas uma PESSOA que é Blogueira.

Tive reações humanas, e como humana agi: vivi os sentimentos, até passarem.

E ao mesmo tempo que esperei os sentimentos passarem, fiquei pensando no que faria a respeito, e como faria.

Afinal, eu não queria – e jamais vou querer – reagir ao mal e ao ódio com mais mal e ódio.

Mas queria – e precisava – reagir. Não podia deixar que outras pessoas destruíssem meu sonho, ditassem minhas decisões e comportamento.

Créditos: Thata Vilella Oficial
Declaro amor ao meu sonho

E reagi. Comecei a fazer posts nas minhas redes sociais, demonstrando meu incômodo e disposição de fazer algo a respeito.

Só isso? Não. Também estou buscando me aprimorar, estudando. E além disso, estou repensando os rumos da minha carreira.

Estou lutando pra tornar a minha estrutura mais robusta, profissional mesmo.

Créditos: Thata Vilella Oficial
Um pouco da minha estrutura: cartão de visitas
Créditos: Thata Vilella Oficial
Um pouco da minha estrutura: Banner Blog
Créditos: Thata Vilella Oficial
Um pouco da minha estrutura: Banner Fanpage
Créditos: Thata Vilella Oficial
Um pouco da minha estrutura: Avatar Redes Sociais
Créditos: Thata Vilella Oficial
Um pouco da minha estrutura: Arte Canal Thata Vilella Oficial

E quem me conhece e acompanha, provavelmente já percebeu as mudanças.

Agora, só falo quando tenho algo relevante pra dizer ou compartilhar.

E é por isso mesmo, que estava ausente de alguns locais: daqui do Blog (volto com esse post), e do canal (voltarei quando me sentir segura, e tiver algo relevante pra dizer).

Créditos: Thata Vilella Oficial
Bem vindo ao meu Blog!!!

Nas redes sociais (Facebook, Instagram, Snapchat e Twitter), tenho tentado marcar presença, ainda que não com a mesma frequência do início da carreira (entra no raciocínio de só falar quando tiver algo relevante a dizer).

Superei o que passei completamente? Não, ainda falta um pedaço. Mas estou mais fortalecida.

Por quê? Porque como SER HUMANO que sou, ainda tenho momentos de desânimo, dificuldades e problemas.

Mas esse tempo tem sido muito importante e positivo pra mim, pois além do fortalecimento, tenho aprendido muito (e não vou parar).

E não é só isso, tem mais… Tenho contado com os amigos verdadeiros que fiz na Blogosfera, que têm sido preciosos pra mim nesse processo. A vocês… MUITO OBRIGADA!!!

Créditos: Thata Vilella Oficial
Minha declaração de amor aos amigos: amo vocês!!!

E pra quem me discriminou e bancou o hater, alguns recados…

Não vou parar!!! Não vou desistir do meu sonho!!! Sua atitude só serviu pra me fortalecer!!!

Vou continuar… aprendendo, crescendo, conquistando, construindo, compartilhando, e sendo quem e como sou.

Pois sou, apenas, uma pessoa que é Blogueira, não um produto. #soublogueiraporecomamor.

E aí, posso contar com vocês nessa caminhada? Estou disposta a pagar o preço pelas minhas decisões e atitudes; mas podendo contar com vocês… Tudo ficará mais leve!!!!

Ah, assinem o Blog, se inscrevam no canal , e me sigam nas minhas redes sociais (Facebook , Instagram , Twitter , Snapchat ).

Beijos, e conto com vocês!!! 😘😘